sobre a artista . Renata Felinto

Artista plástica, pesquisadora, educadora e interessada pelo mundo das imagens produzidas pelos homens desde que o mundo é mundo. Amante da pequisa artística, das reflexões sobre educação e arte, das tentativas e possibilidades de intervenção social no mundo a partir desta área do conhecimento e experimentadora de arte.

Acesse aqui a página de Renata Felinto no Flickr.

FORMAÇÃO ACADÊMICA

2012     Doutoranda em Artes Visuais, Instituto de Artes da UNESP (strictu sensu).
2009     Pós-Graduação em Curadoria e Educação em Museus de Arte, Museu de Arte Contemporânea da USP (lato sensu).
2004     Mestrado em Artes Visuais, Instituto de Artes da UNESP, título: A escravidão africana na arte contemporânea brasileira: um olhar sobre quatro artistas (strictu sensu).
2005     Licenciatura em Educação Artística, Unicentro Belas Artes de São Paulo.
2001     Bacharel em Artes Plásticas, Instituto de Artes da UNESP.
1995     Técnico em Desenho de Comunicação, ETE Carlos de Campos.

EXPOSIÇÕES INDIVIDUAIS

2004     Bauru SP, “Penso, logo resisto”, SESC Bauru.
2002     Guarulhos SP, Centro Permanente de Exposições de Arte Prof. José Ismael.
São Paulo SP, “Re – existindo”, Instituto de Artes – UNESP.
2001     São Paulo SP, “Re – existindo”, Instituto de Artes – UNESP.
2000     São Paulo SP, Dolores Bar.

EXPOSIÇÕES COLETIVAS

2012     São Carlos SP, “Expandindo Olhares”, Centro Municipal de Cultura Afro-Brasileira “Odette dos Santos”.

2011     São Paulo SP, “Tomada Cultural”, Centro Cultural Casa de Barro, 03 e 04 de dezembro.
São Paulo SP, “Pílula de Cultura da Feira Preta: Caldeirão Negão”, Casa das Caldeiras, Instituto Feira Preta, 20 de novembro.
São Paulo SP, “Tomada Cultural”, Centro Cultural Rio Verde, 19 de novembro.
São Paulo SP, “Festival Enugbamijo: a boca que tudo come”, Centro Cultural Rio Verde, organização de Eduardo Mazarão e Serena Assumpção, 22 de outubro.

2010     São Paulo SP, “Tempos de Abolição, Tempos de Escravidão: Iconografias e Textos”, Museu Afro Brasil, curadoria de Emanoel Araújo.

2007     São Paulo SP, “Imagens Perversas e Inocentes”, Museu Afro Brasil, curadoria de Emanoel Araújo.
São Carlos SP, “Rosa e Marrom”, Centro Municipal de Cultura Afro-Brasileira Odette dos Santos”.

2003     São Paulo SP, “Como vai você, geração 98?”, Instituto de Artes – UNESP.
Belo Horizonte MG, “Concorrência de Talentos CEMIG”, Galeria de Arte do Espaço Cultural CEMIG.

2002     São Paulo SP, “Cotadaterra”, FUNARTE.
São Paulo SP, “O Negro e sua Arte”, Sampa Espaço Cultural.
São Paulo SP, “Semana da Biblioteca”, Instituto de Artes – UNESP.
São Paulo, “Coletiva de Alunos da UNESP”, Tribunal Regional do Trabalho 2ºregião.
Suzano SP, II Salão de Novos Talentos, Centro de Educação e Cultura “Francisco Carlos Moriconi”.
São Paulo SP, “Ecos D’África”, Fórum do Núcleo Negro da UNESP para Pesquisa e Extensão, Reitoria da UNESP.

2001     São Paulo SP, Secretaria de Estado da Cultura, Poupatempo Itaquera.
São Paulo SP, projeto “Adote Um Aluno da UNESP”, Reitoria da UNESP.
Santos SP, CCBE – Salão de Arte Jovem de Santos.
São Paulo SP, “Revestimentos”, Instituto de Artes – UNESP.
São Paulo SP, “O Papel do Negro na Arte”, Centro Cultural Jabaquara.

2000     São Paulo SP, “Preto no Branco”, Faculdade de História da USP.
São Paulo SP, “Entre o Desenho e a Pintura”, Instituto de Artes – UNESP.
São Paulo SP, “IV Concurso de Artes Plásticas”, Galeria Malli Vilas-Bôas.

1999     São Paulo SP, Átrio do IA UNESP.

1997     São Paulo SP, “Projeto Arte na COHAB”, MASP Centro.

Publicidade

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s